Archive

Archive for the ‘JAVA’ Category

Eclipse + CVS: vendo histórico do repositorio do projeto

Muitas pessoas precisam eventualmente checar o historico de repositórios CVS no Eclipse / RAD / RSA.

Existe um plugin muito eficiente para isso o CVS change Log: http://cvschangelog.sourceforge.net/

É so baixar e colocar na pasta plugins do Eclipse e voa la.

enjoy!

Categorias:JAVA Tags: , , , ,

FindBugs x Checkstyle x PMD

Featured imageInúmeras pessoas fazem a comparação entre as ferramentas FindBugs, Checkstyle e PMD. Vale dizer que as três permitem a escrita de um melhor código fonte, o inspecionando em busca de possíveis problemas e gerando relatórios para que o desenvolvedor possa tomar providências.

Porém, a abordagem delas é um pouco distinta:

  • FindBugs: Funciona procurando padrões de Bugs. Analise o Bytecode, e não o código fonte em si. Funciona como se tivesse um banco de dados interno com os bugs comuns, e vasculha seu código procurando por esses bugs. Eventualmente pode dar falsos positivos, apontando erros que no contexto de sua aplicação, não são erros. A própria documentação oficial do Findbugs diz: “In practice, the rate of false warnings reported by it is less than 50%”.
    http://findbugs.sourceforge.net/index.html
  • CheckStyle: Seu foco é em problemas relacionados as convenções e padrões Java, por exemplo: ausência de Java docs, abertura de chaves { depois de Ifs, etc. Ele varre o código fonte de seu projeto.
    http://checkstyle.sourceforge.net/
  • PMD: Vasculha o código fonte procurando por más práticas e problemas de código por exemplo: import com *, muitos métodos em classes, etc.
    http://pmd.sourceforge.net/

Em geral o PMD e o Checkstyle são mais similares. Todavia, eu recomendo o uso das 3 ferramentas em seu projeto, e além disso, que sejam criados arquivos de configurações para CADA ferramente e que os mesmos sejam utilizados por TODO o time, garantindo assim, a homogeneidade na produção do seu código fonte.

O uso principalmente do checkstyle e do PMD garantem um código fonte mais legível, de melhor manutenabilidade, tornando-se o trabalho com os mesmos mais eficiente e rápido.

Eu fiz video aulas introdutórias sobre as 3 ferramentas, que ensinam como instalar, configurar e utilizar, como sempre, de maneira simples e objetiva. Seguem os links:

  1. FindBugs
  2. Checkstyle
  3. PMD

Enjoy!

Introdução ao PMD

março 16, 2015 1 comentário

Featured imageUltimamente estou implementando algumas ferramentas para garantir maior qualidade em meu projeto, e a bola da vez é o PMD. O PMD é uma ferramenta que auxilia desenvolvedores efetuando varredura de código fonte buscando por problemas em potencial, tais como (retirado diretamente do site oficial):

  • Bugs – empty try/catch/finally/switch statements
  • Dead code – unused local variables, parameters and private methods
  • Suboptimal code – wasteful String/StringBuffer usage
  • Overcomplicated expressions – unnecessary if statements, for loops that could be while loops
  • Duplicate code – copied/pasted code means copied/pasted bugs

Assim como o Checkstyle, utilizar o PMD e efetuar os ajustes que o mesmo recomenda, ajuda a obter-se uma melhoria em seu código fonte, tornando-o mais legível e aumentando sua manutenabilidade.

Recomendo a todos os desenvolvedores que o utilizem em conjunto o o FindBugs e com o CheckStyle, pois são ferramentas com finalidades parecidas e garantem juntas um sólido código fonte. Neste post, você pode encontrar mais informações sobre o FindBugs. Neste outro post você encontra mais informações sobre o Checkstyle.

No vídeo abaixo, você pode ver facilmente como instalar e utilizar o PMD. Os slides utilizados no vídeo estão aqui.

Enjoy!

Introdução ao Checkstyle

Featured imageO Checkstyle é uma ferramenta que auxilia desenvolvedores efetuando varredura de código fonte buscando por problemas, normalmente relacionados a convenções e padrões, como por exemplo: ausência de javadoc, parenteses desnecessários, etc.

Utilizando o mesmo e estando atendo a suas recomendações, certamente se obtém uma melhoria em seu código fonte, tornando-o mais legível e aumentando sua manutenabilidade.

Recomendo a todos os desenvolvedores que o utilizem em conjunto o o FindBugs e com o PMP, pois são ferramentas com finalidades parecidas e garantem juntas um sólido código fonte. Neste post, você pode encontrar mais informações sobre o FindBugs.

No vídeo abaixo, você pode ver facilmente como instalar e utilizar o checkstyle. Os slides utilizados no vídeo estão aqui.

Enjoy!

Categorias:JAVA Tags: , , , , , ,

Introdução ao FindBugs

FindBugs é uma ferramenta que pode nos ajudar a aprimorar a qualidade dos aplicativos que produzimos. Basicamente trata-se de uma ferramenta que busca padrões de bug em seu aplicativo e gera um relatório permitindo que o desenvolvedor tome ações para os eliminar se aplicável.

Gravei um vídeo ensinando a instalar e utilizar no Eclipse e com algumas breves explicações. Os slides apresentados no vídeo podem ser baixados da seguinte URL https://drive.google.com/file/d/0BxhdMuoEQRL-N2tudi02dXNWRG8/view?usp=sharing

Eis o vídeo:

Enjoy.

Resolvendo problemas de Debug RAD 7 e 7.5

Eventualmente notamos que a função de Debug no RAD (Rational Application Developer) para de funcionar. Existe uma lenda urbana que diz que alterando uma porta isso se resolve, e realmente, após fazer isso, meu Debug nunca mais parou de funcionar. Segue o procedimento:

Faça o seguinte procedimento para resolver o problema, porém, utilize outra porta que não seja a 7777. (Está é a default é que gera problemas).
No meu caso usei a 7778

The instructions seem to be a little out of date so here are my instructions.
1.    Log into your Integrated Solutions Console.  The default URL is http://localhost:9060/ibm/console/login.do.
2.    Navigate using the left side column to Servers –> Application Servers.
3.    Select the Application server you want to debug from the list of Application servers.
4.    Under the Configuration tab select the Debugging Service link which is near the bottom right in the Additional Properties section.
5.    Select the “Enable service at server startup” checkbox.  Change the JVM debug port to other ex: 7778.
6.    Press the Apply button.
7.    In the Messages box, which appeared at the top after pressing the Apply button, click on the Save link.
8.    Stop and start your Application Server.  It should now be running in Debug mode.
9.    In RAD go to the project for the web application you want to debug.

Enjoy!

 

Categorias:JAVA Tags: , , ,

iReport + DB2

Um problema comum ao tentar se conectar no DB2 no iReports é que por padrão ele mostra o DRIVER a seguir como opção:

IBM DB2 (COM.ibm.db2.jdbc.app.DB2Driver)

O correto é:

com.ibm.db2.jcc.DB2Driver

Pegadinha do Malando. Yeah, Yeah!

Categorias:JAVA Tags: ,
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 320 outros seguidores