Início > Carreira > O profissional mais valorizado no mercado e sua senioridade

O profissional mais valorizado no mercado e sua senioridade

Vários alunos me perguntam qual o perfil de profissional mais valorizado no mercado. Por exemplo: se é uma pessoa que conhece muito de Java, ou se é um DBA, se é um fera em .net, etc.

Quando falo do profissional mais valorizado, não estou necessariamente dizendo que é o que vai ter o maior salário, ainda que isso possa ser verdade, o que quero dizer, é que o profissional mais valorizado é o que tem maior liquides, é o que encontra emprego no mercado mais facilmente, que é disputado pelas empresas, e claro, que mantém um bom nível salarial.

No meu ponto de vista, esse profissional é o T-Shaped. O T-Shaped (ou forma T – fica muito ruim traduzindo), é um tipo de profissional que combina a PROFUNDIDADE de conhecimento em algumas áreas + ABRANGÊNCIA de conhecimento em áreas relacionadas.

Um exemplo prático é: Um profissional que conhece vários temas, dentre eles Project Management, Unix, Linux, Entreprise Systems, Redes, Indústria Automotiva (negócio), Arquitetura de TI, gerência de Sistemas e SOA. Dentro destes temas, o profissional conhece muito de redes, sendo especialista em Redes TCPIP, Segurança e Internet Banking.

Outro exemplo é um profissional que conhece muito bem Java, .net, Linux, Windows, etc. Porém seu forte é Java, conhecendo profundamente os frameworks de mercado (faces, hibernate), servidores de aplicação, etc.

A figura abaixo ilustra muito bem o profissional T-Shaped.

Falando-se em abrangência, o profissional deve ter um conjunto de habilidades distintas, saber de tudo um pouco mesmo, este é o perfil generalista. Tem que se manter informado sobre coisas novas e diversos assuntos, procurar aprender sempre. É importante conhecer também os negócios, por exemplo: como funciona determinado ramo. Também deve-se manter uma boa rede de contatos.

A profundidade diz respeito a conhecer bastante determinando assunto, estar próximo das fronteiras do conhecimento no assunto e ser reconhecido como um expert no mesmo, ser procurado por pessoas quando este for o assunto. Tornar-se referência.

Algumas pessoas poderiam dizer que isso ter relação com a Senioridade do profissional, que (infelizmente) o mercado costuma classificar somente tendo em mente a experiência do mesmo em 1 tecnologia. Dizem que um profissional é sênior se já trabalhou 5 anos com Java por exemplo, mas ai, você coloca o cidadão para efetuar um deploy de um aplicativo, o cara empaca! Não imagina o que é uma linha de comando Unix! Isso é ser Sênior? Para mim, nada mais é do que um profissional especialista em determinada tecnologia e não deve ter a mesma valorização que um profissional T-shaped (isso pode render boas discussões).

Na minha opinião, um profissional Sênior é exatamente um T-Shaped, que você pode colocar para resolver um problema, e ficar tranquilo que ele o resolverá.

Enfim, esta é a dica: Seja um profissional T-Shaped! Saiba um pouco de tudo, e tenha áreas nas quais seja reconhecido como Expert! Fuja da definição tradicional de Sênior.

Enjoy!

Categorias:Carreira
  1. Anonymous
    novembro 23, 2009 às 8:18 am

    "abilidades" é com "h" na frente! habilidades

  2. Juliano Martins
    novembro 30, 2009 às 5:47 pm

    Valeu! Falha técnica e intelectual!🙂

  1. fevereiro 28, 2011 às 8:34 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: