Início > Carreira > Você acha que recebeu uma nota injusta de um professor?

Você acha que recebeu uma nota injusta de um professor?

É comum alunos acharem que as notas em um trabalho, média, apresentação, etc, são iguais para todos, exemplificando, em uma apresentação em grupo, a nota é individual, pois um elemento do grupo pode ir muito bem e um elemento ir muito mal.

Um professor normalmente tem critérios para dar notas, que muitas vezes não são exatamente relacionados a prova em si, popularmente são chamados de “nota de participação”.

Isso varia muito de professor para professor, os critérios que eu adoto por exemplo são baseados na participação do aluno na matéria como um todo, especificando detalhadamente:

1- Participação do aluno em sala de aula (perguntando, ajudando outros colegas, não atrapalhando, ficando até o final, fazendo exercícios)
2- Participação do aluno extra-classe (envio de listas de exercícios, envio de perguntas via e-mail, connections)
3- Desempenho nas provas
4- Evolução do aluno (o que ele sabia e o que ele sabe hoje)
5- Desempenho em outros trabalhos (papers, apresentações, etc)

Se um aluno tirou nota superior ou inferior a outros, certamente ele atendeu aos requisitos acima em maior ou menor grau.

Infelizmente a vida não é sempre justa. É comum uma pessoa incompetente ter um salário maior que o de uma pessoa competente, assim como uma pessoa que se acha melhor que outra ficar com uma nota inferior a mesma! A missão de uma faculdade/escola, é a de preparar o aluno para a vida, então, se simplesmente todos tirassem a mesma nota, isso não se parece em nada com a vida.

Na vida, um profissional deve trazer resultados para uma empresa, ele deve agregar algo. Para ter uma promoção, um gerente avalia o nível de pro-atividade de um profissional, e não simplesmente se ele entregou a tarefa conforme combinado. Os profissionais mais bem sucedidos são os que tem algum diferencial, que fazem o “algo a mais”.

É comum as pessoas se compararem à maioria das outras pessoas, mas o fato é que a maioria leva uma vida medíocre, e se comparar para estar no nível da maioria, é ficar no nível da mediocridade. Devemos nos comparar com nós mesmos e melhorar o que somos.

A lição para os alunos nestes casos é fazerem uma auto avaliação atentando-se aos ítens citados acima e verificar onde houve falha. Como disse, o exercício é de auto avaliação, e não de comparação com os outros.

É claro que erros podem existir, em um caso ou outro, o professor pode ter julgado errado, confundido pessoas, etc. Mas na vida fora da caixa, isso também acontece.

Alunos, por favor, antes de reclamar de uma nota façam o exercício da auto avaliação e caso julgue que SUA nota foi inferior ou superior a merecida, converse com o seu professor.

Sucesso a todos!

Categorias:Carreira Tags:, ,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: