Início > Diversos > Salvando o dia no Windows…

Salvando o dia no Windows…

Recuperando arquivos de um HD formatado no Windows XP

Resolvi postar esta má experiência que eu tive, pois pode salvar o dia de alguem.

Eu não escondo de ninguem que amo Linux e procuro usar o mesmo no dia a dia, porém devido a várias cinscunstâncias, infelizmente fico amarrado ao Windows. No caso, minha esposa usa Windows no desktop, e como é normal, de tempos em tempos o bicho pede uma formatada.

O desktop tinha o particionamento como indica a tabela::

C: Disco com o Sistema operacional
D: CD Rom
E: Documentos

Iniciamos a instalação do Windows. Quando escolhemos a unidade a ser utilizada para a instalação, obviamente escolhemos a C, pois a E, como disse, não pode ser formatada.

Concluímos a instalação do Windows, atualizamos com o Service Pac 2 e instalamos antivírus.

Quando fomos finalmente começar a utilizar o computador, percebemos algo terrível… Tinhamos instalado no E!!!! O maldito Windows havia chamado o E de C e o C de E no momento da instalação. Qual o procedimento para tentar salvar o dia?

Tendo em mente que quando efetuamos uma formatação rápida, ou deletamos arquivos, basicamente o sistema operacional marca os arquivos como excluído, mas ele ainda continua no disco, ficando simplesmente “invisíveis” para nós.

Como instalamos o Windows no E, ele se instalou por cima dos documentos, mas como tinhamos muito mais documentos que o tamanho do Windows, havia uma chance de conseguirmos recuperar algo desde que eu parasse de escrever por cima dos arquivos excluídos, então, o primeiro passo é: desligar o computador imediatamente.

Depois disso temos que colocar o HD em outro computador e utilizar algum programa para restauração. Eu encontrei um freeware chamado Restoration. Pode ser baixado aqui. A interface dele é muito simples e amigável. Basta executá-lo e indicar em qual disco queremos efetuar a recuperação. Ele vai listar TUDO que encontrar, até coisa que foi excluída a anos!

O processo de recuperação é trabalhoso e demorado, você tem que selecionar os arquivos e copiar para o local no qual você deseja restaurar.

Eu consegui restaurar cerca de 40% dos meus dados. Infelizmente perdi muita coisa.

De qualquer forma, estamos falando de um micro pessoal e de informações que não tem valor. Para empresas existem serviços pagos que garantem maior porcentagem de recuperação.

Da próxima vez que eu for formatar o PC da minha esposa, farei um backup antes de qualquer coisa e além disso anotarei o tamanho dos HDs para certificar que o Windows não trocou as unidades!😉

Isso é tudo.

Juliano

  1. Ericow -The Cat ::
    outubro 7, 2007 às 12:52 am

    ahsuahsu… achei mto interessante esse artigo !
    Sou aluno da FATEC ourinhos e assisti sua palestra de sexta… vim visitar seu blog hj… achei bem interessante os artigos… vou começar a passar por aki de vez em qdo.. srsr…
    achei interessante o artigo pq jáh aconteceu algo parecido cmg… sóh q eu arrumei um software pago de recuperação de dados… baxei ele e o carck e o usei… sóh naum lembro o nome, mais consegui recuperar +/- uns 80% dos dados.. rsrs…
    mesm assim, a melhor saida ainda é o backup! xD

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: